Personalização do design do quarto do hotel

09:52 28/11/2021 | Lượt xem

1. Como se diferenciar do comprador turístico

Você sabe bem que o mercado de turismo está em constante crescimento, que o ingresso neste setor está cada vez mais acessível para empresas de diversos portes. Da mesma forma, o mercado hoteleiro é muito versátil, dinâmico. Graças ao comércio eletrônico, você pode chegar facilmente ao seu público, desde que siga uma estratégia de marketing online adaptada às necessidades da sua empresa.

SESSÃO DE CONSULTORIA GRATUITA Resolvemos o seu desafio em 30 minutos

Porém, o crescimento do mercado de hospitalidade implica também a dificuldade de se diferenciar de uma concorrência que oferece serviços semelhantes, bem como de competir por preços, sem finalmente inovar ou agregar valor ao cliente.

Em vez de apostar na concorrência de preços, o que pode gerar prejuízos ao invés de lucros, os estabelecimentos hoteleiros com maior conhecimento do cliente se comprometem a melhorar a qualidade da experiência do cliente. Para inovar na experiência do hóspede hoteleiro, é verdade que os hotéis boutique têm mais chances de optar por novidades, pois não dependem da identidade global de uma rede hoteleira.

A personalização do quarto do hotel é uma dessas apostas da inovação. A preocupação do cliente com seu quarto vai além da limpeza; Tem que ser especial, tem que se adaptar às necessidades e preferências do cliente. E quanto mais próximo o quarto estiver dos seus interesses pessoais, maior será a sensação no cliente de perceber o compromisso do seu hotel em satisfazê-lo, em proporcionar-lhe uma experiência que não se encontra em nenhum outro estabelecimento.

Uma correta personalização do quarto é uma oportunidade para reforçar os valores da sua marca e, claro, uma estratégia de fidelização para transformar o hóspede num cliente regular.

melhore-a-experiência-do-hotel-boutique-do-hóspede

2. Como conhecer melhor o seu cliente para uma melhor personalização

Saber quem vem visitar o hotel, quais as suas preocupações, hobbies, estilo de vida e personalidade são, obviamente, os pontos fundamentais para a personalização do quarto. Hoje é preciso ter em mente que o cliente é mais exigente, mas também mais desconfiado quanto ao uso de seus dados pessoais. Portanto, todas as interações com seu cliente não devem ser intrusivas. Um passo em falso pode significar insatisfação do cliente e pode significar a perda da oportunidade de fidelizar o cliente.

Para conhecer mais a fundo seus clientes, podemos falar sobre como conhecê-los mais em três etapas.

2.1. Antes da estadia

É o primeiro e mais importante contato. Seu cliente reserva sua estadia em seu hotel, dá seus primeiros dados, preferências e logo. É uma etapa delicada; Embora a compra tenha sido feita, pode haver a possibilidade de cancelar a reserva caso o cliente não receba o devido tratamento.

Como você pode obter uma primeira fonte valiosa de informações? Por meio desses dados iniciais. Por exemplo, se o seu convidado é pai, se o seu convidado pratica desporto, se utiliza a Internet com muita frequência no seu dia-a-dia, entre outras possibilidades.

De facto, aproveitar as novas informações que vão entrando no seu hotel a cada novo processo de reserva, vai permitir-lhe conhecer melhor os seus hóspedes. Claro, também lhe permitirá conceber espaços mais adaptados às preferências do seu cliente.

Concentre-se em um único banco de dados, as interações entre sua empresa e seus clientes em um CRM distribuir e maximizar o conhecimento do cliente, entender e antecipar suas necessidades.

2.2. Durante sua estadia

Os hóspedes dos hotéis boutique gostam de saber que sua opinião é valorizada; obviamente, entre seus diversos pensamentos, se perguntam se a sua opinião está sendo útil para a melhoria do estabelecimento.

Em vez de forçá-los a expressar sua opinião, simplesmente dê a eles a chance de fazê-lo. Se o seu cliente está satisfeito ou deseja compartilhar suas ideias ou sugestões, o fará com naturalidade.

23 Depois da estadia

O trabalho mais difícil já está feito. No entanto, entrar em contato com o cliente após sua experiência é tão importante quanto os esforços feitos durante sua visita.

É hora de apresentar o email marketing, a ferramenta clássica e eficaz que fideliza o cliente e também alcança os hóspedes diretamente. O segredo é retomar o contato com o cliente de forma não invasiva.

Dê-lhes a oportunidade de darem a sua opinião, de partilharem os seus sentimentos sobre a sua experiência no seu hotel. Lembre-se que no email marketing é muito importante comunicar-se com o cliente de forma personalizada.

customização-hotel-boutique

3. Inspiração para personalização da sala

Depois de ter analisado as preferências dos seus clientes, com certeza saberá quem vem visitar o seu hotel. Quer o hóspede seja um apaixonado pelas artes ou não, o ser humano sempre aprecia acordar rodeado de beleza.

A personalização da sala não é uma questão de investir o máximo possível na decoração, mas de se adequar apenas às necessidades do seu cliente. A sala deve ter um charme personalizado, sem perder a elegância e a originalidade.

3.1. Dê um pouco de charme ao quarto

Em primeiro lugar, pense em tornar o ambiente aconchegante, prático, mas acima de tudo confortável. Lembre-se que os hóspedes desejam descansar em um local bem iluminado e arejado. Desta forma, você deve aproveitar todos os detalhes que contém, dando importância à luz natural.

Você deve considerar a localização do seu hotel em relação ao tipo de hóspede que será acomodado. Um leve toque da cidade – estofados, cerâmicas ou vidros – é uma boa forma de atrair e tornar a estadia uma experiência inesquecível.

Porém, é importante não cair na decoração tradicional, principalmente se o hóspede possui algum conhecimento de arte. Se quem visita o seu hotel é apaixonado por decoração, sem dúvida enfrentará um desafio, pois é sempre mais difícil impressionar um especialista.

Não se esqueça de trazer uma determinada cor para dar alegria, energia e movimento. O manuseio deste elemento é muito importante, pois o olho humano transforma e envia as informações do que vê ao nosso cérebro por meio de impulsos elétricos. Nem todas as cores têm a mesma expressão, por isso não tenha pressa ao escolhê-las, pois farão a diferença na experiência do seu hotel.

Talvez os verdes e azuis, em locais sossegados e voltados para um público mais veterano, sejam uma boa opção de decoração, pois transmitem calma e paz respectivamente. Se o hóspede deseja se sentir mais acolhedor, não hesite em acrescentar alguns enfeites relacionados a cores cítricas, como o laranja e o amarelo. Porém, o tinto é bastante alegre e positivo, o que, sem excessos, é uma boa opção para um quarto familiar.

3.2. Aplique tecnologia em seus quartos

A inovação é a melhor forma de se destacar. Mas como e de que maneira isso pode ser alcançado?

Seja diferente, atraente, jovem – a tecnologia é a melhor maneira de incluir os três. O uso do smartphone para acessar o quarto é uma técnica bastante nova e eficaz que alguns hotéis já começaram a aplicar. Incluir uma televisão no espelho do banheiro é muito útil para agilizar o banho em famílias com crianças. Sem dúvida, para quem viaja sozinho ou em casal, um banho relaxante enquanto assiste a um filme pode ser uma experiência inesquecível.

Embora pareça futurista, a verdade é que robôs e Inteligência Artificial (IA) já fazem parte do funcionamento dos hotéis.

4. Aplicativos reais de personalização em empresas

Como outros hotéis ou outras empresas personalizaram seus quartos? Aqui estão alguns exemplos de sucesso.

A Whitbread, empresa britânica líder, lançou o conceito de um centro através de seus hotéis Premier Inn que permite que a temperatura do quarto seja ajustada antes da chegada do hóspede e também programa canais de televisão preferidos.

No caso dos Hotéis Nomad, foi incluído um ecrã táctil para regular o ar condicionado, aquecimento e estores.

Para os amantes do esporte e de uma vida saudável, o MiHotel em Lyon (França) oferece cursos de ioga em seus quartos.

A Virgin Hotels decidiu obter as preferências dos clientes por meio de seu aplicativo ‘Lucy’.

Os designers de interiores também têm uma grande fonte de inspiração para a decoração personalizada de quartos. A designer de interiores Maud Bury escolheu criar um conceito de quarto moderno: ‘My Room Concept’. Ele colaborou com empresas como Phillips, Muzeo, Somfy e Hatworth para este novo conceito de sala.

Muito inspirador, certo? Então é hora de começar a conhecer seu cliente mais profundamente e aproveitar seus quartos de hotel boutique como um potencial diferenciador em sua estratégia de marketing.

Imagens: Erick Palacio | Wenkui Xiao | Taylor Simpson

Related Posts

Como ensinar sobre mudanças climáticas online

Você está ensinando cara a cara ou totalmente online? Você está ensinando em um modelo híbrido? O seu ensino é síncrono, assíncrono, combinado ou invertido? Existem tantas maneiras diferentes de fazer o que fazemos...

Adapte-se à aprendizagem online com Interchange

Com o início da pandemia, as aulas de comunicação oral em muitas universidades no Japão mudaram para um ambiente de aprendizagem online, um conjunto desafiador de circunstâncias enfrentadas de forma semelhante por professores em...

Duas novas ferramentas Turnitin

A maioria dos professores reconhecerá essa experiência: você está corrigindo uma tarefa escrita quando se depara com uma passagem (ou mesmo alguma!) Que parece conter exemplos de plágio. Todo o seu processo de qualificação...

lên đầu trang